25 de outubro de 2021

Walmart instala 200 caixas-eletrônicos de bitcoin em suas lojas

O Walmart, a maior empresa do mundo em receita possibilitou que os clientes comprem bitcoin em dezenas de suas lojas nos EUA através de máquinas da Coinstar.

 

“A Coinstar, em parceria com a Coinme, lançou um piloto que permite que seus clientes usem dinheiro para comprar bitcoin”, disse a diretora de comunicações do Walmart, Molly Blakeman, à CoinDesk por e-mail. “Existem 200 quiosques Coinstar localizados dentro das lojas do Walmart nos Estados Unidos que fazem parte deste piloto.”

 

A Coinstar é  conhecida por permitir que os consumidores troquem moedas por notas de papel ou cartões-presente. A capacidade de comprar bitcoin é habilitada pela Coinme, uma carteira de cripto e empresa de pagamento especializada em ATMs bitcoin (BTMs).

 

Após inserir as cédulas na máquina, é emitido um voucher em papel. A próxima etapa envolve a criação de uma conta Coinme e a aprovação de um "Conheça seu cliente" (KYC) antes que o voucher possa ser resgatado. A máquina cobra uma taxa de 4% e mais outra taxa de câmbio de 7% .

 

 

ATMs de Bitcoin estão em ascensão

A indústria de ATMs de cripto está se expandindo em um ritmo rápido, em parte alimentada pela pandemia COVID.  Mais recentemente, a Coinstar, que começou a adicionar serviços de compra de bitcoin com a Coinme no início de 2019, adicionou 300 máquinas habilitadas para bitcoin em Winn-Dixie, Fresco y Más, Harveys e outros supermercados em toda a Flórida.

 

O Walmart, há muito visto como a joia da coroa para trazer os serviços cripto-financeiros para o mercado, é outro passo à frente - mesmo que o piloto de 200 quiosques seja ainda pequeno, frente à uma empresa com 4.700 lojas e valor de mercado de US $ 409 bilhões.