05 de novembro de 2021

Prefeito de NY diz que receberá os próximos três salários em bitcoin

O novo prefeito de Nova York, Eric Adams, já se mostrou simpático ao mercado de ativos digitais, afirmando que irá receber os três primeiros salários em bitcoin.

“Em Nova York, sempre ganhamos dinheiro, então vou receber meus primeiros TRÊS contracheques em Bitcoin quando me tornar prefeito”, tuitou Adams na tarde de quinta-feira. “Nova York será o centro da indústria de criptomoedas e de outras indústrias inovadoras e de rápido crescimento! Apenas espere!"

 

Adams tuitou em resposta ao recém-reeleito prefeito de Miami, Francis Suarez, que tuitou no início desta semana que “receberia meu próximo pagamento 100% em Bitcoin”. Suarez estava respondendo a um desafio tweetado por Anthony Pompliano sobre "qual político dos EUA seria o primeiro a aceitar seu salário em bitcoin".

 

“Touché”, Suarez twittou para Adams hoje. “Parabéns pela eleição e estou ansioso para a competição amigável para fazer de nossas respectivas cidades uma capital cripto!”

 

Atualmente não está claro se a cidade de Nova York pode pagar a Adams diretamente em Bitcoin. Quando atletas profissionais afirmaram aceitar seus próprios salários em Bitcoin, como visto com jogadores da NFL como Russell Okung e Sean Culkin, na verdade foi em parceria com o aplicativo de pagamentos, o Strike. Essencialmente, as equipes ainda pagavam a seus respectivos jogadores em dólares americanos e, em seguida, cada um convertia o valor em Bitcoin usando o serviço da Strike.

 

Isso parece ser o que o prefeito Suarez fará em Miami. Mike Sarasti, diretor de inovação de Miami, twittou que enviou o Strike para Suarez e que ele próprio já havia testado a funcionalidade. “Minha experiência de receber uma parte do meu pagamento na semana passada foi perfeita”, twittou Sarasti.

 

Pode haver mais na ideia de uma rivalidade amigável entre a cidade de Nova York e Miami no que diz respeito ao cultivo de indústrias de cripto e blockchain em suas respectivas cidades.

 

Na quarta-feira, Adams disse à Bloomberg que pretende lançar uma criptomoeda CityCoin para a cidade de Nova York, seguindo o exemplo de Miami com sua marca MiamiCoin. CityCoin tweetou na semana passada que MiamiCoin gerou quase US $ 20 milhões em receita para Miami desde o lançamento em agosto.