28 de dezembro de 2021

Os detentores de Bitcoin de longo prazo permanecem fortes apesar da queda desde o máximo do mês passado

Os detentores de longo prazo reduziram ligeiramente suas posições de bitcoin nas últimas semanas, apesar de uma queda acentuada nos preços, é o que nos mostram os dados da empresa de análise Glassnode.

A criptomoeda líder de capitalização de mercado falhou em quebrar o nível de US$ 52.000 na segunda-feira e caiu para US$ 49.300 no horário europeu nesta terça-feira.

Os preços do Bitcoin caíram quase US$ 20.000 desde a alta de novembro de 2021, de mais de US$ 69.000. No entanto, as análises mostram que a oferta mantida pelos investidores caiu de 13,4 milhões de BTC para 13,3 milhões de BTC - uma mudança muito leve considerando a queda maciça de preços.

A absorção de bitcoin dos vendedores pode ser otimista.

“Esse comportamento na cadeia é mais tipicamente observado durante os mercados de bitcoin em baixa, que historicamente falando, são efetivamente longos períodos de redistribuição de moedas de mãos mais fracas para aquelas com convicção mais forte e de longo prazo”, explicou a Glassnode em um boletim informativo de segunda-feira.

A Glassnode classifica os detentores de longo prazo como endereços de carteira que mantêm Bitcoins por um período superior a 155 dias - um período de tempo além do qual os detentores são estatisticamente menos propensos a gastar seus Bitcoins.

Os dados mostram que os detentores de longo prazo adicionaram 1,8 milhão de Bitcoins às suas contas desde janeiro, enquanto a oferta de curto prazo diminuiu 1,4 milhão de bitcoins no mesmo período período.

Alguns detentores de longo prazo não tocam em seus Bitcoins há mais de cinco anos, com mais de 23% do estoque de 21 milhões de Bitcoins permanecendo intocado no período, de acordo com outras métricas monitoradas pela Glassnode.