13 de outubro de 2021

Estados Unidos substitui China como maior país minerador de bitcoin

Os dados mais recentes compilados pelo Cambridge Center for Alternative Finance (CCAF) sugerem que os Estados Unidos substituíram a China como o país com a maior fatia de hash power do Bitcoin.

 

O CCAF estima que os EUA sejam responsáveis,atualmente, ​​por 35,4% da atividade de mineração. O mapa de mineração do CCAF em agosto mostra que as empresas de mineração de Bitcoin nos EUA tiveram um total de 42,7 exahashes por segundo (EH / s) de taxa de hash, seguidas pelo Cazaquistão, Rússia e Canadá. Isso se deve ao fato de as mineradoras comprarem grandes volumes de novos equipamentos e expandir suas operações - à luz da oportunidade apresentada pela repressão da China à mineração e da recente alta do preço do bitcoin.

 

Enquanto isso, a participação de mercado conjunta das empresas de mineração americana subiu para 35% durante o terceiro trimestre, de pouco acima de 17% em maio, graças à diminuição da concorrência das operações de mineração de Bitcoin rivais na China após a repressão do país.

 

Isso tem funcionado bem para as empresas maiores. Durante o terceiro trimestre deste ano, apenas sete empresas de mineração de bitcoin listadas publicamente nos EUA, isolaram cerca de 7,5% das recompensas disponíveis. Essas empresas detinham mais de 20.000 BTC no mês passado.

 

Mas os EUA não são os únicos vencedores após a repressão da mineração na China.

Taxa crescente de hash em outros países

A taxa de hash alimentada por empresas de mineração no Cazaquistão também dobrou desde o segundo trimestre para quase 22 EH / s em agosto, com uma participação de mercado de 18,1%. Como The Block relatou anteriormente, após a repressão da China em maio, o Cazaquistão se tornou um dos principais destinos para os mineiros chineses que consideraram realocar suas operações.

 

As operações de mineração de Bitcoin na Rússia e no Canadá também competem de perto pelo terceiro lugar, com 11,2% e 9,6%, respectivamente. O provedor de mineração com sede na Rússia BitRiver disse que durante o verão assinou acordos de hospedagem com clientes chineses para mais de 100 megawatts de capacidade.

 

A fonte de dados do CCAF veio de informações do minerador fornecidas por quatro pools de mineração de bitcoin: BTC.com, Poolin, ViaBTC e Foundry USA. A taxa de hash em tempo real conectada a esses quatro pools totaliza cerca de 62 EH / s no momento da impressão, o que é cerca de 44% do poder de hash total da rede do Bitcoin.